Um blog sobre pessoas, relações e tudo o que nos une.
.posts recentes

. A Retoma

. Timidez - Impacto na e da...

. Timidez - Exercícios simp...

. As 7 questões que se deve...

. Deixar a velha magia no s...

. 10 Regras para ser um ser...

. Um pequeno conto budista

. Estou de volta

. A Timidez

. Votação no SAPO

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

Quinta-feira, 14 de Junho de 2007
A Mentira numa relação
Uma das mais recorrentes causas de separação é, sem dúvida, a mentira. É uma das maiores causas de problemas. Mas muitas vezes não se olha para a total extensão deste problema.

mentira e arrependimentoA mentira é vulgarmente abordada com um olhar egoísta . Isto é, pelo ponto de vista de quem é enganado ou a quem se mente. Mas quem mente entra também numa espiral complicada e perigosa. Há situações que levam a mentir. Demasiadas situações. Depois o embaraço ou simplesmente a vergonha leva-nos a mentir para ocultar uma anterior mentira. Depois, a vida complica a cada hora. O medo de ser descoberto, a angustia de esconder algo a alguém que se ama, o constante sobressalto e o medir as palavras faz com que, quem mente, viva numa constante angustia. Estes estados profundos de preocupação levam frequentemente a irritabilidade, depressão e até mesmo a estados quase suicidas. Há constantemente uma sensação de vivermos uma vida dupla. Em casos extremos o próprio vê-se como outra pessoa, tentando imaginar uma vida diferente fantasiosa, levando a mais mentiras e fugas.

Uma mentira, por mais inocente que pareça, é sempre demais perigosa. Mesmo as consideradas mentiras "brancas" ou de "piedade" podem degenerar em perigosas espirais de mentira, arrastando-nos e prendendo-nos a uma realidade falsa.

Pense bem na sua vida. Olhe em seu redor e veja como pode evitar ou resolver questões antigas. Acredite que existe sempre uma solução e que mais mentiras não sanam, pelo contrario acentuam e agravam os problemas. Muitas vezes as situações resolvem-se de uma forma relativamente simples com diálogo e após uma sequência de mentiras apenas ficam mais complicadas chegando mesmo a não ter saída ou solução.

Pense bem, não haja de impulso e utilize a ferramenta humana mais preciosa: o diálogo.
publicado por Zen às 11:22
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Mary a 26 de Setembro de 2011 às 21:09
Como entendo este texto! O meu marido engana-me com outra mulher há 3 anos. Recentemente, disse-me que tinha acabado com ela. Mas deixa indicios do contrário. Isto porque não quer ficar sem os filhos, não quer a familia dele contra ele, não tem força nem coragem de assumir que gosta dela. E andamos nisto. Eu não consigo acabar com este casamento para que 2 crianças inocentes sofram. E ele continua a mentir, a mentir... Qualquer dia ist acaba em tragédia, pois não vou aguentar mais e vou partir tudo! Tudo por causa da mentira!

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds