Um blog sobre pessoas, relações e tudo o que nos une.
.posts recentes

. A Retoma

. Timidez - Impacto na e da...

. Timidez - Exercícios simp...

. As 7 questões que se deve...

. Deixar a velha magia no s...

. 10 Regras para ser um ser...

. Um pequeno conto budista

. Estou de volta

. A Timidez

. Votação no SAPO

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

Sexta-feira, 1 de Setembro de 2006
Um sonho de amor, ou um amor de sonho
Paixão de granito Hoje sonhei que sonhava. E no meu sonho dentro do sonho tu estavas linda. Lembro-me dos teus lábios , de cetim de pecado e da tua pela, macia como o mais puro dos veludos. Nele, senti o calor da tua pele a invadir-me todos os sentidos. Senti até deixar de sentir. Até deixar a emoção rodopiar dentro de mim. Até ficar tonto. Inebriado de paixão.

Sonhei que sonhava e o meu sonho eras tu. Linda, morna, carinhosa, minha. Sabes amor, o sonho é apenas uma extensão do que desejamos. Apesar de estar fora do meu alcance, sinto que parte de mim é teu. A tristeza que me rasga o peito é que nada de ti é meu Nem sabes que eu existe. Essa é a dor que rasga o peito.

Talvez um dia...
sinto-me:
publicado por Zen às 16:47
link do post | comentar | favorito
|
.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds